Pesquisas e ferramentas - Google

Consumer Insights: ferramentas acessíveis para observar e ouvir seu consumidor

A tecnologia e a ciência são grandes aliadas da comunicação: o tanto de dados que conseguimos levantar e acompanhar sobre o comportamento do consumidor são de uma riqueza enorme para o planejamento. Mas de nada adianta tanta informação, se não souber interpretar.

É necessário parar para realmente ouvir seu público, entender profundamente as reações, desejos, vontades, sentimentos e motivações do seu consumidor para conseguir conversar com ele. Assim você pode ter o público mais seletivo, assertivo e entusiasta que você pode conseguir pra sua marca. Isso se chama consumer insights: ideias geradas através da observação do seu próprio target.

Os melhores briefings criativos e estratégias de conteúdo têm 1 coisa em comum: um trabalho significativo de consumer insights. Não é uma tarefa fácil, tem um valor altíssimo e pode durar meses com focus groups e monitoramento. Mas em meio a tantos workshops realizados no Google BrandLab, eles compartilharam algumas ferramentas de busca do Google que podem ajudar as marcas a refinarem estes dados para conseguir repassar aos profissionais necessários.

Para um conhecimento aprofundado sobre o consumidor: Google Trends

Vou começar falando de uma das minhas ferramentas preferidas. O Google Trends te ajuda a confirmar aqueles seus “achismos” sobre os interesses do seu público. Eu uso pra muita coisa: desde analisar quais são as palavras mais buscadas em determinado assunto para inclui-las nas campanhas de Adwords, até saber qual tema devemos abordar nos posts, que serão de mais interesse do público.

O que eu acho interessante também é que ela aponta onde o interesse da audiência está crescendo ou caindo, quando a gente faz a busca por tópicos ou perguntas específicas. Dentro de um mercado tão competitivo, quais são os territórios que você poderá abraçar? Esta ferramenta te ajuda a encontrar a resposta.

Confuso? Vamos simplificar: pense como uma marca de beleza poderia produzir o próximo top vídeo de maquiagem. A gente já sabe que os fãs deste seguimento estão indo ao Youtube assistir a tutoriais. Usando o Google Trends, você pode ver quais tendências estão crescendo ou caindo sobre beleza e maquiagem. Podemos, inclusive, fazer a comparação entre diferentes tópicos para analisar qual tem melhor resultado entre o consumidor.

Você pode começar filtrando pelo país (ou a região que quer saber), categoria e colocar o tópico amplo, como “Maquiagem”. A ferramenta já vai te mostrar as regiões mais buscadas e também como e pelo que as pessoas buscam dentro deste tema – e você pode escolher para a ordem mostrada ser “top” ou “rising”.

Google Trends - Busca
Google Trends - Região consumidor

E você consegue ver quais são as buscas e tópicos relacionados:

Google Trends - Tópicos consumidor

A partir deste momento já é possível ir afunilando a sua busca. Repare que as pessoas procuram por “sem maquiagem”, seguido por “maquiagem olhos”, “maquiagem noite”, “dicas maquiagem”. Aqui você já tem uma visão geral de qual caminho seguir. Mas dá pra se aprofundar. O seu segundo passo pode ser fazer a comparação entre estas buscas, por exemplo. E analisar qual tem melhor resultado, quais outras palavras surgem. Ou encontrar o tópico mais buscado. Abaixo, além da comparação eu também coloquei o filtro para os últimos 90 dias – e você já pode reparar que os picos de buscas são aos sábados.

Google Trends - Picos de Busca Consumidor

Dá para perder horas nas buscas e coletando informações nesta ferramenta. Então, vamos dizer que o time queira utilizar este “consumer insight”, que as pessoas procuram sobre maquiagem aos finais de semana, para saber o que fazer à noite e resolve fazer uma série destes vídeos com dicas. Mas sobre o que eles seriam? É para isso que as “pesquisas relacionadas” existem, pois ela te mostra as buscas que são mais feitas atualmente e também pelo que, mais especificamente, o interesse da audiência á está crescendo.

Google Trends-top-crescente

Observando este quadro, o que você faria? Primeiro de tudo, entender o que o “sem maquiagem”. No caso, famosas sem maquiagem, Patati Patata sem maquiagem, mulheres sem maquiagem. Enfim, o ser humano curioso para entender que as celebridades são “gente como a gente”. Para este objetivo, esta informação não é relevante pra gente, então vamos descartar.

Segundo, podemos já observar alguns caminhos como “Pincéis de Maquiagem para os Olhos”, “Maquiagem simples e linda para a noite”, “Dicas: o que não pode faltar na sua maleta de maquiagem”, “Maquiagem preta e simples para arrasar à noite.”. Esta foi apenas uma busca de 5 minutos, sem aprofundamento. Imagine o que você pode conseguir com um pouco mais de dedicação?

Anda não tem certeza sobre como fazer o vídeo, qual caminho seguir, como falar ou mostrar o passo a passo? Uma dica é ir para o canal “Populares no Youtube” ou “Youtube Spotlight“, pois lá você consegue ver exemplos de vídeos que estão fazendo sucesso e outros que estão chamando atenção e ter referências do que dá mais certo.

Analytics do Youtube

Diferente do que nossos pais falam “comece pelo começo”, nós do mercado publicitário costumamos começar com o fim…pelo resultado final da nossa última campanha. Quais são os últimos aprendizados que podemos aplicar antes mesmo da gente começar a próxima campanha? Para apontar-los, entre no seu painel de Analytics do Youtube, cheque a ferramenta de Retenção de Audiência e analise os resultados da última campanha.

Utilizando esta ferramenta, você pode rever seu vídeo ao mesmo tempo que um gráfico mostra a retenção das cenas – como se fosse um ‘focus group’ para teste de campanha. Assim você pode descobrir porque sua audiência parou de assistir, ou o que os manteve prestando atenção. Estas informações serão úteis para que o time criativo não repita os mesmos erros e trabalhe melhor os acertos.

Pesquisas de consumidores do Google

Outra ferramenta citada no texto foi a Google Consumer Surveys. Não é gratuita, mas a versão mais básica é bem barata. Basicamente você publica uma pesquisa (e pode limitar também a um perfil específico de público) e solta na internet para que respondam. Ideal para teste A/B, por exemplo, ou para (assim como nos focus group) analisar qual cor, frase, logo eles gostam mais.

Obs: para pesquisas “comuns”, o Google Forms, que você pode acessar gratuitamente pelo Google Drive também é bem útil, mas neste caso, é você mesmo que vai divulgar.

Para mais ideias sobre o que o consumidor ama: Google Correlate

A última ferramenta que indicaram foi a Google Correlate. Pense nela como um complemento, que vai fazer a combinação entre as tendências. Por exemplo, você descobriu que “Maquiagem simples para a noite” é uma tendência que está crescendo e quer descobrir mais tópicos como este que a sua audiência possa estar interessada também. Esta ferramenta procura por ainda mais outras buscas que seguem padrões similares.

Diferente da “buscas relacionadas” no Google Trends, estas não necessariamente serão buscas relacionadas diretamente a “maquiagem para noite”, mas também pelo que as pessoas procuram ao mesmo tempo que buscam sobre isso. No caso de “maquiagens para a noite” as buscas “Maquiagem para olhos” e “vestido pra balada” apareceram no Google Correlate e são complementares ao assunto em questão.Google Correlate

Conhecer a fundo o comportamento do seu consumidor é a chave para campanhas mais assertivas. Estas são ferramentas que estão ao alcance de todos e que podem melhorar significativamente o planejamento e os resultados da sua marca. Qual mais vocês costumam utilizar? Compartilha com a gente!

NEWSLETTER:

Cadastre-se em nossa newsletter e receba nosso email mensal com curadoria exclusiva de conteúdo, descontos para eventos e cursos, convites exclusivos para encontros e muito mais!

Author

Karen Oliveira

<p>Consultora de Planejamento Digital na TopperMinds, fascinada por comportamento humano, viagens e música.<br /> Curadora e coordenadora dos cursos da Media Education.</p>


Linkedin Facebook Twitter Instagram
Comentários:

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/mediae15/public_html/blog/wp-content/plugins/easy-social-share-buttons3/lib/modules/social-profiles/essb-social-profiles-helper.php on line 20

Send this to a friend