Um jeito simples para gerar mais conteúdo para suas redes sociais

Quantas vezes precisamos gerar conteúdo para nossos perfis e parece que não achamos NADA de interessante para postar? Uma vez por dia? Várias por semana?

Há alguns meses iniciei um planejamento de conteúdo pessoal separando por dias da semana, redes sociais, tipo de conteúdo e etc. Ajudou muito, mas mesmo assim tem dias que basicamente não vai, nada aparece interessante.

Neste momento estamos gravando com dezenas de professores na Europa, e logo nos primeiros dias percebemos a quantidade de micro informações, dados e histórias que estávamos absorvendo. E também notamos o quanto não valorizamos tantas informações a nossa volta no dia-a-dia.

Neste dia resolvemos abrir um arquivo no Evernote e começamos a anotar não só estas informações que adquirimos dos professores, mas tudo que entendemos que tem algo de interessante. Começamos a anotar o que lemos nas newsletters, livros, blogs, o quê ouvimos nos podcasts, nas conversas, reuniões, gravações e por aí vai.

Em duas semanas já estávamos com mais de 50 informações. Algumas que eu anotei e outras que minha esposa anotou (estamos viajando juntos e trabalhamos na mesma área, então isso foi uma vantagem para nós). Começamos a revisar todo domingo de manhã e percebemos o quanto de coisas deixamos passar no dia-a-dia (sério, ficamos abismados mesmo).

E nas últimas 3 semanas consegui gerar conteúdo quase todos os dias, e várias vezes apenas olhando este documento por alguns segundos, conseguia enxergar tópicos e informações que poderiam se unir e virar um post. Segue um exemplo básico do documento no Evernote.

SEMANA 11/12/2017

  • Disney comprou FOX por 52 milhões
  • Hotéis pagam ECAD do som do rádio relógio e isso faz uma boa diferença na diária cobrada
  • Parisienses são mais afetivos do que em outros países da Europa

SEMANA 18/12/2017

  • Segundo a pesquisa TODXS (5º ano) subiu o número de mulheres negras que se sentem representadas nas campanhas e também o número de produtos para cabelos crespos e cacheados LINK
  • Cenário de Londres de CRIAÇÃO é muito parecido com o de SP: grande maioria de homens. Há uma iniciativa da JWT tentando contratar mais mulheres, pois entendem a importância disso e o impacto nas campanhas. (Rafael Freitas | Atendimento)
  • Em Amsterdam, também existe a possibilidade de você ganhar 10% a menos do seu salário e não trabalhar 1 dia da semana. Ou seja, você poderia ganhar um pouco menos, mas ter 3 dias de final de semana o mês inteiro.

SEMANA 25/12/2017

  • Estão manipulando esperma para entregar drogas no sistema reprodutivo feminino quando houver câncer. Link
  • Apple perdeu o posto de melhor fabricante de notebooks. Caiu para a 5ª posição. 1ª lugar foi para Lenovo link
  • O símbolo “&” era um logograma – literalmente uma imagem representando uma palavra. Ainda que muitas pessoas presumissem que o símbolo derivava da palavra inglesa and, na verdade derivava da palavra latina et. O desenho incomum do ampersand, “&”, era uma fusão tipográfica das letras E e T –com a ligadura ainda visível em fontes de computador como a Trebuchet, cujo ampersand ecoava claramente a origem latina: “&”.

Como vocês podem ver, tem coisas meio aleatórias como sobre o esperma manipulado, mas é exatamente essa a graça, olhar além do nosso mundinho. É assim que nossa cabeça fará conexões futuramente. Semana passada mesmo já consegui perceber a facilidade para gerar novos conteúdos, mas também em captar coisas automaticamente e anotar. É questão de adotar um mindset de curiosidade + salvar as informações + revisar.

Ok, o que fazer agora?

1) Abra um arquivo HOJE em seu programa favorito e coloque o primeiro dia desta semana (no caso 01/01/2018).

2) Entre neste post com indicações de newsletters e assine as que achar mais interessante. E claro, se gostou do post dá um like e compartilhe com outras pessoas! 😉

3) Comece a anotar tudo que de alguma forma ache interessante. É importante não ser ultra seletivo, se não você acabará anotando apenas o que faz sentido diretamente para o seu emprego/mercado/profissão e isso pode acabar limitando as conexões e até mesmo em ter um conhecimento mais amplo (que no meu caso é importante). É meio óbvio e todos sabemos as notícias básicas do mercado em que atuamos, mas precisamos enxergar além, seja para criar um conteúdo mais profissional ou mesmo para criar novos projetos/negócios.

Espero que este artigo seja útil. Acredito MUITO na simplicidade das coisas. Muitas vezes estamos atrás do programa ou fórmula perfeita e algo simples assim já pode gerar resultados gigantescos para nosso trabalho, produtividade e marca pessoal.

Nos próximos posts vou contar como planejo meu conteúdo pessoal e profissional nas redes sociais de forma fácil e que não ocupa muito do meu tempo.

Um feliz 2018 com muito conhecimento para todos nós!

NEWSLETTER:

Cadastre-se em nossa newsletter e receba nosso email mensal com curadoria exclusiva de conteúdo, descontos para eventos e cursos, convites exclusivos para encontros e muito mais!

Author

Alexandre Formagio

Director of Products da Media Education, viajante (praticamente) profissional, sonhador, techno lover e criativo nas horas mais inusitadas da vida. Responsável por pensar em novos cursos, professores e formatos para os projetos da Media Education.


Linkedin Facebook Twitter Instagram
Comentários:

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/mediae15/public_html/blog/wp-content/plugins/easy-social-share-buttons3/lib/modules/social-profiles/essb-social-profiles-helper.php on line 20

Send this to a friend